Desafios e caminhos epistemológicos na abordagem do turismo a partir dos estudos da literatura e da cultura

Palavras-chave: literatura, cultura, turismo, identidade, espaço, globalização

Resumo

A capacidade tentacular e o caráter omnívoro das práticas turísticas promoveram a sua expansão até praticamente qualquer área, tema ou território, incluindo entre eles a literatura, como demonstra o apogeu recente do turismo literário, nas suas diversas concretizações. As interseções que, atualmente, se produzem entre literatura e  cultura e o turismo exigem novas abordagens analíticas e leituras críticas renovadas. Este estudo pretende precisamente reavaliar os motivos e as formas de estudar estes cruzamentos. Para tal, são fixados, em primeiro lugar, alguns traços significativos da prática turística na contemporaneidade, assim como os debates existentes no âmbito académico sobre a natureza deste fenómeno ou sobre a sua inter-relação com a cultura e com as identidades (locais, regionais e nacionais). Em segundo lugar, pretende-se discutir a necessidade de analisar o turismo a partir dos estudos da literatura e da cultura e propor algumas linhas de trabalho que podem ser relevantes nesta orientação, tais como a sua proximidade com a ideia de cânone, o papel dos produtos literários e culturais na construção de imaginários turísticos ou a sua (des)conexão com a literatura de viagens.

Como Citar
Tejero, C. (2018). Desafios e caminhos epistemológicos na abordagem do turismo a partir dos estudos da literatura e da cultura. Cadernos De Literatura Comparada, (38), 67-85. Obtido de http://ilc-cadernos.com/index.php/cadernos/article/view/463