Entre a afeição e o medo, entre o laço e a perda: uma leitura da geopoética em Sophia de Mello Breyner Andresen nos seus Contos exemplares

Palavras-chave: Espaço, Contos exemplares, Fenomenologia

Resumo

Propõe-se com este ensaio uma leitura do livro Contos exemplares, de Sophia de Mello Breyner Andresen, publicado em 1962, sob o viés da Geografia Humanista Cultural, de fundo fenomenológico, dada a relação singular com o espaço topofilico e topofóbico, além da presença antológica do mar enquanto metáfora viva da lírica de Sophia. A reflexão crítica recairá sobre três dos setes contos que compõem a obra: “A viagem”, “Praia” e “Homero”, visto configurarem o paradigma estético e moral que caracteriza semelhante produção da escritora portuguesa.

Como Citar
Feitosa, M. (2018). Entre a afeição e o medo, entre o laço e a perda: uma leitura da geopoética em Sophia de Mello Breyner Andresen nos seus Contos exemplares. Cadernos De Literatura Comparada, (38), 125-138. Obtido de http://ilc-cadernos.com/index.php/cadernos/article/view/466