Da “humana” geografia em Maria Gabriela Llansol: da língua à escrita. De Colares a Herbais

Palavras-chave: Maria Gabriela Llansol, exílio, poética do espaço, geopoética e geocrítica

Resumo

A obra de Maria Gabriela Llansol, uma das mais perturbadoras e inclassificáveis do início do séc. XXI, concebida entre vários países, línguas e culturas, permite questionar em moldes particulares a relação que estabelece com o espaço e com aqueles que o povoam. Neste ensaio estabelecem-se ligações entre os diferentes espaços - físicos, linguísticos, interiores  - e a teoria llansoliana da escrita tecida a longo da sua obra, aberta a territórios mentais diversos e inesperados.

Como Citar
Coelho, P. (2018). Da “humana” geografia em Maria Gabriela Llansol: da língua à escrita. De Colares a Herbais. Cadernos De Literatura Comparada, (38), 235-246. Obtido de http://ilc-cadernos.com/index.php/cadernos/article/view/473