“A maelstrom of lying”: Bret Easton Ellis and himself

  • Filipa Basílio Valente da Silva Universidade do Porto
Palavras-chave: Bret Eason Ellis, emoção, realidade, individual, crítica

Resumo

Bret Easton Ellis é um dos autores americanos mais conhecidos do século XXI. Tem sete romances publicados até à data e os críticos têm tentado desconstruir e compreender o seu trabalho bizarro e misterioso seguindo as mais variadas abordagens, tais como o pós-modernismo, estudos culturais, estudos feministas, entre muitos outros. Enquanto estes métodos podem ter esclarecido determinados aspetos do trabalho de Ellis, outros elementos que são, a meu ver, essenciais podem ter passado despercebidos. O objetivo deste ensaio é chamar atenção para o ponto de vista individual dos protagonistas de Ellis. Deste modo irei desafiar a fronteira entre a realidade e a ficção, e provar que, ao destacar a experiência emocional das personagens imorais e desequilibradas do escritor americano, os leitores podem vivenciar uma experiência muito mais íntima e intensa.

Como Citar
Silva, F. (2018). “A maelstrom of lying”: Bret Easton Ellis and himself. Cadernos De Literatura Comparada, (38), 375-390. Obtido de http://ilc-cadernos.com/index.php/cadernos/article/view/493