Leopardi nas Crónicas Jornalísticas Brasileiras de 1881 a 1916

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21747/2183-2242/cad44a8

Palavras-chave:

Giacomo Leopardi, imprensa brasileira, crônica, tradução cultural

Resumo

A crônica é um gênero textual que se difundiu no Brasil no século XIX nas páginas de jornais e revistas e foi um dos gêneros responsáveis por fazer circular autores estrangeiros no sistema cultural brasileiro, como o italiano Giacomo Leopardi (1798-1837). Por isso, o objetivo deste artigo é verificar, em base aos pressupostos da tradução cultural (Burke/Hsia 2009), como Leopardi transpassou fronteiras e foi apresentado no Brasil em algumas crônicas jornalísticas, publicadas entre o final do século XIX e a primeira metade do século XX, mais especificamente de 1881 a 1916, e disponíveis na Hemeroteca Digital Brasileira. A partir da análise de 12 crônicas, que foram escritas predominantemente por homens e publicadas no eixo Rio de Janeiro/São Paulo, percebe-se que há uma tendência dos cronistas em divulgar o poeta Leopardi, “traduzindo” e ressignificando o aspecto “patriótico” da sua obra, e, principalmente, os aspectos da “filosofia pessimista” do autor, seguindo parte da crítica italiana da época. Além disso, as crônicas analisadas exercem uma dupla função no processo de tradução cultural, a do preenchimento de lacunas temáticas e a da difusão das obras leopardianas. 

Downloads

Publicado

2021-06-30

Como Citar

Guerini, A., & Bignardi, I. (2021). Leopardi nas Crónicas Jornalísticas Brasileiras de 1881 a 1916. Cadernos De Literatura Comparada, (44), 135–151. https://doi.org/10.21747/2183-2242/cad44a8