A poesia de Isabel Meyrelles entre o rumor e o rugido

Autores

  • Mônica Simas Ca'Foscari - Universidade de Veneza

DOI:

https://doi.org/10.21747/21832242/litcomp49a4

Palavras-chave:

Surrealismo português, pós-feminismo, amor surrealista, condição humana

Resumo

Esse texto busca mostrar a atualidade do surrealismo, destacando questões contemporâneas a partir da Bienal de Artes de Veneza de 2022. O estudo analisa poemas de quatro livros de Isabel Meyrelles a partir da hipótese de que existe, na sua obra, uma unidade relacional ‘eu’- ‘tu’ em metamorfose. Além disso, destaca-se a relação temporal entre passado e futuro, evidenciando-se o presente perfeito da questão amorosa surrealista. Revisita-se a obra, através da análise de repertórios do passado e transgressões do presente, aproximando o olhar de Isabel Meyrelles à perspectiva de Donna Haraway do mito blasfemo.

Downloads

Publicado

2023-12-31

Como Citar

Simas, M. (2023). A poesia de Isabel Meyrelles entre o rumor e o rugido. Cadernos De Literatura Comparada, (49), 77–88. https://doi.org/10.21747/21832242/litcomp49a4

Edição

Secção

DAS PRÁTICAS