Isabel Meyrelles: visitando o bestiário poético no surrealismo português

Autores

  • Ana Carolina Meireles Universidade do Porto

DOI:

https://doi.org/10.21747/21832242/litcomp49a5

Palavras-chave:

Isabel Meyrelles, surrealismo português, poesia, escultura, animais, zoopoética

Resumo

Levando em conta as numerosas ocorrências de elementos da fauna na obra artística de Isabel Meyrelles, considerada a primeira mulher surrealista portuguesa, este artigo propõe a leitura e análise da presença dos animais na sua poesia, à luz dos estudos zoopoéticos. Partindo do enquadramento dos surrealismos francês e português, serão investigados a origem e o simbolismo dos animais nesse movimento, bem como o processo de construção de um bestiário poético e escultórico em Isabel Meyrelles.

Downloads

Publicado

2023-12-31

Como Citar

Meireles, A. C. (2023). Isabel Meyrelles: visitando o bestiário poético no surrealismo português. Cadernos De Literatura Comparada, (49), 89–110. https://doi.org/10.21747/21832242/litcomp49a5

Edição

Secção

DAS PRÁTICAS