[1]
H. T. Maia, «Trangressões canônicas: Queerizando as donzelas-guerreiras», ILC Cadernos, n. 39, pp. 91-108, Jan. 2019.